25 janeiro 2016

Filmes para chorar


    Assim como os livros, os filmes que fazem a gente chorar pra mim são os melhores. A gente torce, se desespera e espera por um final feliz que muitas vezes não acontece. Eu escolhi quatro filmes que me fizeram secar de tanto derramar lágrimas. Vamos conferir?



Titanic:

    Quem não conhece a história do grande navio que era inafundável, certamente conhece o romance que se mesclou a essa tragédia. 



Sinopse:

    Jack Dawson (Leonardo DiCaprio) é um jovem aventureiro que, na mesa de jogo, ganha uma passagem para a primeira viagem do transatlântico Titanic. Trata-se de um luxuoso e imponente navio, anunciado na época como inafundável, que parte para os Estados Unidos. Nele está também Rose DeWitt Bukater (Kate Winslet), a jovem noiva de Caledon Hockley (Billy Zane). Rose está descontente com sua vida, já que sente-se sufocada pelos costumes da elite e não ama Caledon. Entretanto, ela precisa se casar com ele para manter o bom nome da família, que está falida. Um dia, desesperada, Rose ameaça se atirar do Titanic, mas Jack consegue demovê-la da ideia. Pelo ato ele é convidado a jantar na primeira classe, onde começa a se tornar mais próximo de Rose. Logo eles se apaixonam, despertando a fúria de Caledon. A situação fica ainda mais complicada quando o Titanic se choca com um iceberg, provocando algo que ninguém imaginava ser possível: o naufrágio do navio.



Cidade dos Anjos:

   Cidade dos Anjos é um romance improvável entre uma humana e um anjo, quando pensamos que tudo vai dar certo, aí lágrimas caem.



Sinopse:

    Em Los Angeles, uma dedicada cirurgiã (Meg Ryan) fica arrasada quando perde um paciente durante uma operação, no mesmo instante em que um anjo (Nicolas Cage), que estava na sala de cirurgia, começa a se sentir atraído por ela. Em pouco tempo ele fica apaixonado pela médica e resolve ficar visível para ela, a fim de poder encontrá-la frequentemente, o que acaba provocando entre os dois uma atração cada vez maior, apesar dela ter um sério relacionamento com um colega de profissão. O ser celestial não pode sentir calor, nem o vento no rosto, o gosto de uma fruta ou o toque da sua amada, assim ele cogita em deixar de ser um imortal para poder amar e ser amado intensamente.



Diário de uma paixão:
  
    Não poderia deixar de fora, um filme adaptado em um romance de Nicholas Sparks. Para quem procura um romance perfeito e completo, essa é uma boa pedida, lágrimas na certa.


Sinopse:

    Numa clínica geriátrica, Duke, um dos internos que relativamente está bem, lê para uma interna (com um quadro mais grave) a história de Allie Hamilton (Rachel McAdams) e Noah Calhoun (Ryan Gosling), dois jovens enamorados que em 1940 se conheceram num parque de diversões. Eles foram separados pelos pais dela, que nunca aprovaram o namoro, pois Noah era um trabalhador braçal e oriundo de uma família sem recursos financeiros. Para evitar qualquer aproximação, os pais de Alie a mandam para longe.
    Por um ano Noah escreveu para Allie todos os dias mas não obteve resposta, pois a mãe (Joan Allen) dela interceptava as cartas de Noah para a filha. Crendo que Allie não estava mais interessada nele, Noah escreveu uma carta de despedida e tentou se conformar. Alie esperava notícias de Noah, mas após 7 anos desistiu de esperar ao conhecer um charmoso oficial, Lon Hammond Jr. (James Marsden), que serviu na 2ª Grande Guerra (assim como Noah) e pertencia a uma família muito rica. Ele pede a mão de Allie, que aceita, mas o destino a faria se reencontrar com Noah. Como seu amor por ele ainda existia e era recíproco, ela precisa escolher entre o noivo e seu primeiro amor. 



Antes que termine o dia:

    Esse é um dos meus favoritos, apesar de já ter assistido inúmeras vezes, sempre que eu assisto eu choro, e não é pouco não. Esse filme é lindo demais. Apesar de tentar fazer a coisa certa é difícil lutar contra o destino.


Sinopse:

    Ian (Paul Nicholls) e Samantha (Jennifer Love Hewitt) formam um casal feliz e cheio de planos para o futuro. Enquanto Samantha busca demonstrar seu amor a todo momento, Ian procura voltar sua atenção para a carreira e os amigos. Após um dia em que tudo deu errado, eles terminam o namoro. Entretanto um acidente faz com que a vida deles mude de rumo. No dia seguinte Ian percebe que acordou novamente no dia anterior, tendo a chance de refazer tudo o que tinha feito antes, só que agora da forma correta.



2 comentários:

  1. Titanic e diário de uma paixão são maravilhosos e é impossível não chorar assistindo eles.

    Um cheiro!
    www.vinteetantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Tudo bem? Não tenho dúvidas!! Ainda sim ainda continuo com Antes que termine o dia, despedaça os corações.
      Obrigada pela visita... beiju

      Excluir

.